jusbrasil.com.br
7 de Dezembro de 2021

Ensino de Filosofia e Sociologia poderá se tornar obrigatório no nível médio

Pauta Jurídica
Publicado por Pauta Jurídica
há 3 anos


O ensino de Filosofia e Sociologia poderá voltar a ser obrigatório no nível médio. O senador Romário (Pode-RJ) anunciou, na semana passada, que acatou uma sugestão popular com esse pedido. A sugestão (SUG 20/2018) vai se tornar um projeto e será analisada pelas comissões do Senado. Conforme informou Romário, o pedido alcançou o apoio de quase 140 mil cidadãos no portal e-Cidadania, até o mês passado. Para que uma sugestão popular seja analisada, o mínimo exigido é de 20 mil apoios.

O senador disse considerar que se trata de uma iniciativa pertinente. Ele destaca que a Constituição de 1988 e a Lei de Diretrizes e Bases da Educacao Nacional (LDB – Lei 9.394/1996) estabelecem de maneira explícita que a educação tem três finalidades: o pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho. Daí a importância do ensino da filosofia e da sociologia para o desenvolvimento do senso crítico do estudante.

— As disciplinas são base para o pensamento crítico e para a formação cidadã do aluno — afirmou o senador.

A sugestão partiu do professor Ricardo Reiter, do Rio Grande do Sul. Ele argumenta que a filosofia e a sociologia são fundamentais na formação humana de indivíduos politizados, autônomos e capazes de exercer a cidadania com consciência. Acrescenta, ainda que, a partir da filosofia, o aluno desenvolve o pensamento crítico e que a sociologia, por sua vez, o ajuda a compreender o que é a cidadania.

Com a reforma do ensino médio, apresentada pelo governo do ex-presidente Michel Temer, o ensino dessas disciplinas deixou de ser obrigatório e passou a ser optativo no ensino médio. Se a matéria se tornar lei, o ensino voltará a ser obrigatório juntamente com as disciplinas tradicionais, como português e matemática.

(Fonte: Agência Senado)

📰 Veja também:

Kit Prático Multas de Trânsitos - Diversos Modelos de Recursos de Trânsito para facilitar a elaboração da sua defesa

Guia Carro Livre de Imposto - Este guia orienta as pessoas com deficiência sobre o direito de comprar carros com isenção de IPI, ICMS, IOF e IPVA

Top Kit Petições Advogado 2019 - 14x1 - Exclusão do ICMS, Revisão da Vida Toda, Bancário, Penal, Cível, Trabalhista, Tributário e muito mais

8 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Filosofia tem que ser obrigatório, é base de qualquer área de conhecimento humano. continuar lendo

Para que haja desenvolvimento do senso crítico de jovens e adolescentes do Ensino Médio é fundamental que as disciplinas sejam ministradas de forma imparcial, sem vertentes políticas, estabelecendo uma linha abrangente de conhecimentos filosóficos e sociológicos nas suas mais variadas vertentes de pensamento. Infelizmente, na atual conjuntura, não é o que ocorre. Sou professor e tenho acompanhado o processo ensino-aprendizagem, nesse aspecto. Praticamente, com raras exceções, não há isenção ideológica na ministração dessas disciplinas, com uma dominante corrente esquerdista que manifesta de forma indutiva , em detrimento de outros pensamentos, as suas convicções que lhe foram semeadas no próprio seio das universidades brasileiras. Tal como juiz de futebol, ao apitar um jogo, deve isentar-se do ânimo de torcedor, assim deveria proceder nossos professores. Não gostaria que meus filhos recebessem educação inconsequente que limita a visão crítica, cerceia o pensamento racional e produz a militância fanática e imune a qualquer reflexão frente a análise de fatos reais. Nem esquerda, nem direita. Educação ampla, sem partido, sem militância, sem indução, respeitando o direito constitucional do aluno em verdadeiramente aprender. continuar lendo

Muito lindo no papel, muito nobre também, mas vamos aos fatos...A maioria esmagadora dos estudantes de colégio público são analfabetos funcionais, não sabem matemática básica, nem de história ou geografia.

Muitos dirão que a filosofia é a "base" que "é a pedra fundamental", mas do que adianta ensinar filosofia a alguém que não sabe interpretar um texto simples.

A filosofia é uma atividade de reflexão que pressupõe uma grande quantidade de informação, artes, história,religião...não deve ser ensinada a crianças que não tem nenhuma noção de mundo.

O que isso fará objetivamente é a elevação de gastos, contratação de mais funcionários e elevação de impostos. Fora que essas matérias são um "prato cheio" pra mascarar doutrinação e partidarismo. continuar lendo

O ensino de filosofia é mais do que essencial porque é da filosofia que vieram a divisão das matérias que estudamos no ensino médio. Só foi a partir da filosofia (mãe) que houve divisão de campos de conhecimento. Talvez seja necessário filosofia nas universidades também. ... continuar lendo

Paulo, diferentemente do que vc disse a filosofia era a última matéria a ser estudada na antiguidade. Não tem qualquer embasamento esse pensamento pois a filosofia surge da atividade reflexiva, que só pode acontecer qndo os indivíduos são suficientemente letrados. continuar lendo

Vitor Roseno, infelizmente eu não sei como indivíduos que não sabem interpretar textos simples podem ter pensamento crítico.

Filosofia não é fácil. continuar lendo

O Romário como senador é um bom filósofo. continuar lendo